FMI recomenda manutenção de reformas para resistir a choques e reduzir vulnerabilidades

Recuperação tem, segundo o FMI, levado à queda do desemprego e à criação de emprego.
13.09.18
  • partilhe
  • 0
  • +
O Fundo Monetário Internacional (FMI) disse esta quarta-feira valorizar o desempenho da economia portuguesa, apoiado no investimento e nas exportações, mas recomenda ao Governo que mantenha medidas reformistas para resistir aos choques e reduzir vulnerabilidades.

No relatório divulgado esta quarta-feira ao abrigo do artigo IV, numa altura em que o Governo está a preparar a proposta de Orçamento do Estado para 2019 (OE2019), o FMI estima que o crescimento da economia portuguesa "abrande do pico", moderando gradualmente a médio prazo, fazendo algumas recomendações.

Entre elas, o FMI encoraja o Governo "a manter a dinâmica política e as reformas para garantir a resistência aos choques, reduzir vulnerabilidades e facilitar a convergência para o nível de rendimento médio da União Europeia".

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!