Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia

Antiga PT SGPS vai processar ex-administradores

Acionistas da Pharol reunidos em Lisboa.
31 de Julho de 2015 às 17:31
Sede da Portugal Telecom
Sede da Portugal Telecom FOTO: Pedro Catarino

A ex-PT SGPS vai processar antigos administradores da empresa.

O processo contra ex-administradores está relacionado com os investimentos de quase 900 milhões de euros feitos pela então PT SGPS, na Rioforte, do Grupo Espírito Santo.

Os nomes dos ex-administradores não foram divulgados pela Pharol, nem consta no ponto da ordem de trabalhos, mas a comunicação social tem avançado os nomes de Zeinal Bava, Henrique Granadeiro, Luís Pacheco, Morais Pires e Joaquim Goes, estes dois últimos foram administradores do BES na PT.

Os acionistas da Pharol (43% do capital representado) estão reunidos esta tarde em Lisboa, em assembleia-geral de acionistas, para votar a proposta do Conselho de Administração de colocar uma ação de responsabilidade contra ex-administradores da empresa devido a investimentos na Rioforte, do Grupo Espírito Santo (GES).

De acordo com fonte que está presente na reunião, "o representante de Henrique Granadeiro propôs a suspensão" dos trabalhos, mas tal foi rejeitado por mais de 99% dos acionistas.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)