Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
5

Preço da ESCOM foi inflacionado

Administrador da ESCOM foi irónico em algumas declarações durante a comissão de inquérito.
Diana Ramos 15 de Janeiro de 2015 às 17:16
Luís Horta e Costa na comissão de inquérito
Luís Horta e Costa na comissão de inquérito FOTO: Lusa

Luís Horta e Costa, administrador da ESCOM, disse no Parlamento que o valor da avaliação feita pelo BES Investimento (BESI) à empresa angolana, na altura em que foi negociada a venda com a Sonangol, foi inflacionado.

"Aconselhámos vivamente que os números fossem revistos porque achava difícil chegarmos àqueles valores", afirmou Horta e Costa aos deputados da comissão de inquérito ao BES.

Ironizando com a forma como Ricardo Salgado se referiu aos ex-gestores da empresa numa reunião do conselho superior, Luís Horta e Costa afirmou "que esses tipos da ESCOM nunca tiveram uma palavra a dizer na avaliação da ESCOM, que foi encomendada ao BESI". 

Sempre em tom mordaz, o administrador da ESCOM sublinhou que "achava uma coisa um bocadinho salgada".

A convicção da administração da ESCOM, garantiu, foi sempre de que o comprador com quem foi negociada a venda da empresa era a angolana Sonangol.

Luís Horta e Costa comissão de inquérito BESI ESCOM
Ver comentários