Barra Cofina

Correio da Manhã

Insólitos
2

Homem diz que apoio emocional de jacaré ajuda a depressão

Caso curioso no estado da Pensilvânia, EUA.
29 de Janeiro de 2019 às 03:30
Jacaré
Jacaré
Jacaré
Jacaré
Jacaré
Jacaré
Jacaré
Jacaré
Jacaré
Quando se fala dos efeitos benéficos dos animais de companhia pensa-se em cães ou gatos. Daí que o caso de Joie Henney, de 65 anos, de York Haven, seja curioso.

Garante ele que o melhor antídoto para a sua depressão é Wally, um crocodilo com 1,5 metros.

O homem da Pensilvânia diz que o seu jacaré o ajuda a lidar com a depressão.

Joie Henney, 65 anos, diz que Wally gosta de se aconchegar e abraçar e alega que recebeu aprovação de seu médico para usar o jacaré como seu animal de apoio emocional depois de não querer tomar medicação para depressão

"Eu tinha o Wally e quando chego a casa e estou com ele, tudo bem", disse ele. "O meu médico sabia do Wally e achou que funcionava, então por que não?"

Wally foi resgatado aos 14 meses de idade e ainda está a crescer. Henney diz que Wally come asas de frango e compartilha um lago de plástico com um outro jacaré menor chamado Scrappy.

Joie Henney Wally Pensilvânia York médico Scrappy
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)