Barra Cofina

Correio da Manhã

Insólitos
8

Morto com hamburger na mão irrita McDonald’s

O anúncio serve para alertar para os malefícios do fast food, mas as alusões à cadeia McDonalds levaram a empresa a mostrar-se publicamente irritada com a promoção.
15 de Setembro de 2010 às 16:32
McDonalds apelidou anúncio de "insulto" e "injusto" para consumidores
McDonalds apelidou anúncio de 'insulto' e 'injusto' para consumidores FOTO: D.R.

Numa mesa de uma morgue, um cadáver de meia idade aparece com um hamburguer na mão e, no final, surge o célebre símbolo da cadeia norte-americana com a mensagem “I was lovin’ it” (“Estava a gostar”), numa aproximação ao slogan actual da McDonalds que é “I’m lovin’ it”.

No final, uma voz refere: “Elevado colesterol, elevada pressão sanguínea, ataques de coração. Esta noite, torne-se vegetariano.”

O polémico anúncio é produzido pelo Physicians Committee for Responsible Medicine e é suposto passar esta quinta-feira no intervalo do programa ‘The Daily Show’, com Jon Stewart, nos Estados Unidos. Segundo os promotores, a mensagem pretende alertar a população de Washington (estando em estudo a possibilidade de o estender a outras cidades americanas) para os riscos de ataque de coração na sequência do consumo de comida rápida, atendendo aos números elevados de mortes precoces na capital.

No entanto, a referência à McDonalds levou a empresa a reagir, classificando o anúncio de “um insulto” e de “injusto para os consumidores”. Segundo a porta-voz da multinacional, Bridget Coffing, a McDonalds tem feito um esforço para “fazer da comida e dos estilos de vida escolhas que sejam as mais acertadas”.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)