Barra Cofina

Correio da Manhã

Eu Repórter CM
4

CASTELO DE MONTEMOR-O-NOVO TRANSFORMADO EM RUÍNA

O castelo de Montemor-o-Novo está a ficar em ruínas. As muralhas estão a cair e a terra à volta das mesmas está a desaparecer. Pouco falta para que pareça um destroço.
22 de Novembro de 2004 às 00:00
A vegetação não cresce porque tudo o que é comestível desaparece por obra e graça de um rebanho de ovelhas que pasta no local. Isto leva a que, por falta de raízes, a terra não esteja consolidada, logo os muros do castelo estão em terreno instável. A Câmara já foi alertada, mas nada faz. É assim que se cuida do nosso património?
Miguel Lopes, Montemor-o-Novo
A questão das ovelhas, apesar de ser menor, levou a que a autarquia tomasse medidas. O proprietário do rebanho foi notificado e as ovelhas já não pastam no local. Lembramos que o castelo é um monumento nacional e as muralhas são da responsabilidade do Instituto Português do Património Arquitectónico (IPPAR). A autarquia tem alertado para a grave deterioração de um extenso pano de muralha e exigido medidas atempadas. Entretanto, uma parceria Câmara/IPPAR/Direcção-Geral dos Edifícios e Monumentos nacionais prepara um projecto que recuperará a principal área do castelo. Mas ainda não há datas precisas.
Gabinete de Informação da Câmara de Montemor-o-Novo
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)