Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
8

Al-Qaeda reivindica rapto de diplomatas e turistas

A ala norte-africana da organização terrorista al-Qaeda reivindicou esta quarta-feira o rapto de dois diplomatas canadianos e quatro turistas europeus no Níger.
18 de Fevereiro de 2009 às 09:38

Numa gravação áudio divulgada na edição online do canal de televisão Al-Jazira, o porta-voz do grupo terrorista no Magrebe islâmico, Salah Abu Mohammed afirma: “Temos o prazer de anunciar à nação islâmica a boa notícia sobre o sucesso dos mujaidines, na realização de duas operações de qualidade no Níger”.

Os mujaidines “reservam-se o direito de gerir o caso dos seus seis reféns de acordo com a lei islâmica (Charia)”, avisa o porta-voz.

Robert Fowler, enviado especial do secretário-geral da ONU para p Níger, o seu colega Louis Gay e o motorista nigeriano Soumana Moukaila foram dados como desaparecidos no passado mês de Dezembro. No início de Fevereiro, os dois diplomatas foram vistos, com vida, numa gravação em vídeo dirigida ao Canadá pelos raptores.

Os quatro turistas foram ratados no dia 22 de Janeiro, na zona fronteiriça Mali.-Niger, quando se deslocavam para o festival de cultura nómada de Anderambukane (Mali).

 

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)