Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
7

França lança "ataque massivo" ao ISIS

Caças franceses visaram centros de treino e depósito de armas.
Ricardo Ramos 17 de Novembro de 2015 às 08:45
Caças franceses atacaram bastião do ISIS  na Síria. "De Paris, com amor”, alguém escreveu nas bombas
Caças franceses atacaram bastião do ISIS na Síria. 'De Paris, com amor”, alguém escreveu nas bombas FOTO: Reuters e DR
A aviação francesa lançou na madrugada desta segunda-feira um "ataque massivo" contra posições do Estado Islâmico na cidade síria de Raqqa, no mesmo dia em que o presidente François Hollande voltou a dizer que a França "está em guerra contra o terrorismo" e não descansará enquanto o ISIS não for destruído.

Pelo menos 10 caças franceses participaram no ataque contra o bastião do ISIS, tendo lançado 20 a 30 bombas contra vários alvos, incluindo dois centros de treino de terroristas e um depósito de armas. Observadores no terreno disseram, porém, que o ataque parece não ter causado vítimas e o próprio ISIS garantiu, no Twitter, que as bombas atingiram apenas "locais vazios".

Horas mais tarde, no entanto, um bombardeamento da coligação liderada pelos EUA destruiu 116 camiões-cisterna do ISIS carregados de petróleo, num duro golpe para as finanças do grupo.

Em Paris, Hollande prometeu uma guerra sem quartel aos jihadistas responsáveis pelos ataques de Paris e prometeu que a ofensiva aérea será intensificada nos próximos dias, após a chegada do porta-aviões ‘Charles de Gaulle’ à região.

Entretanto, num novo vídeo publicado na internet, o ISIS ameaçou atacar "todos os países que fazem parte da campanha dos cruzados" e dirigiu-se particularmente aos EUA, prometendo "atingir o coração de Washington tal com atingimos o coração de Paris".
França guerra Estado Islâmico François Hollande EUA Paris Washington ISIS massacre atentado Paris
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)