Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
1

Emmanuel Macron pede "ordem, calma e concórdia" aos coletes amarelos

Presidente de França alerta população que incidentes que resultaram em 10 mortos terão as respostas judiciais severas.
Lusa 23 de Dezembro de 2018 às 13:22
Vídeos mostram violência entre 'coletes amarelos' e polícia em Paris
Vídeos mostram violência entre 'coletes amarelos' e polícia em Paris
Vídeos mostram violência entre 'coletes amarelos' e polícia em Paris
'Coletes amarelos' voltam à rua em França
Coletes Amarelos manifestam-se em França
'Coletes amarelos' voltam à rua em França
Coletes Amarelos manifestam-se em França
Vídeos mostram violência entre 'coletes amarelos' e polícia em Paris
Vídeos mostram violência entre 'coletes amarelos' e polícia em Paris
Vídeos mostram violência entre 'coletes amarelos' e polícia em Paris
'Coletes amarelos' voltam à rua em França
Coletes Amarelos manifestam-se em França
'Coletes amarelos' voltam à rua em França
Coletes Amarelos manifestam-se em França
Vídeos mostram violência entre 'coletes amarelos' e polícia em Paris
Vídeos mostram violência entre 'coletes amarelos' e polícia em Paris
Vídeos mostram violência entre 'coletes amarelos' e polícia em Paris
'Coletes amarelos' voltam à rua em França
Coletes Amarelos manifestam-se em França
'Coletes amarelos' voltam à rua em França
Coletes Amarelos manifestam-se em França

O Presidente de França, Emmanuel Macron, lançou este domingo um apelo de "ordem, calma e concórdia", depois de mais um sábado marcado por manifestações dos 'coletes amarelos', embora com menos manifestantes e incidentes que nas últimas semanas.

"É agora tempo de reinar a ordem, a calma e a concórdia. O nosso país precisa disso. Precisa de concórdia, de unidade, de um empenho sincero nas causas coletivas e precisa de serenar as divisões", disse Macron à imprensa durante uma visita a tropas francesas destacadas no Chade.

Sobre os incidentes das últimas semanas, em que se registaram 10 mortos, centenas de feridos e estragos em várias propriedades, o Presidente afirmou quer "é evidente que terão as respostas judiciais mais severas".

Presidente de França Emmanuel Macron Presidente Chade política
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)