Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
8

Coreia do Norte vai continuar a testar mísseis

Autoridades do país afirmam que lançamentos podem ocorrer semanalmente.
17 de Abril de 2017 às 19:15
Kim Jong-Un, líder norte-coreano
Kim Jong-Un, líder da Coreia do Norte
Kim Jong-Un, líder da Coreia do Norte
Kim Jong-Un, líder norte-coreano
Kim Jong-Un, líder da Coreia do Norte
Kim Jong-Un, líder da Coreia do Norte
Kim Jong-Un, líder norte-coreano
Kim Jong-Un, líder da Coreia do Norte
Kim Jong-Un, líder da Coreia do Norte

A Coreia do Norte revelou que vai continuar a fazer testes a mísseis. "Vamos conduzir mais testes numa base semanal, mensal e anual", afirmou Han Song-Ryol, vice-ministro para as Relações Internacionais à BBC.

"Se os Estados Unidos forem imprudentes para usar meios militares [contra a Coreia do Norte], isso significa uma guerra", disse ainda. 

De lembrar que a Coreia do Norte tentou lançar um míssil balístico este domingo perto de Sinpo, na costa leste do país, mas o teste terá falhado, informou o Ministério da Defesa da Coreia do Sul.  Esta tentativa surge um dia depois do regime de Kim Jong-Un ter exibido durante uma parada militar na capital Pyongyang o seu arsenal com um novo míssil.

"A Coreia do Norte tentou testar um tipo de míssil não identificado, na zona de Sinpo, na província de Hamkyong, mas acreditamos que o teste falhou", refere um comunicado da ministra da defesa sul-coreana.

O lançamento do míssil foi detetado pelo exército norte-americano às 23h21 (22h21 hora de Lisboa), perto de Sinpo, confirmou fonte do Departamento de Defesa norte-americano (Pentágono) à Reuters, acrescentando que o lançamento terá resultado na "explosão quase imediata" do projétil.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)