Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
9

Donovanose: doença sexualmente transmissível que causa úlceras genitais está a espalhar-se

Sintomas incluem "inchaços vermelhos protuberantes" ou "perda da cor do tecido genital".
Correio da Manhã 23 de Outubro de 2021 às 17:06
Nos últimos anos  aumentaram os casos  de DST
Nos últimos anos aumentaram os casos de DST FOTO: iStockPhoto
A donovanose, uma doença sexualmente transmissível (DST), que provoca úlceras genitais está a espalhar-se no Reino Unido, segundo um relatório divulgado esta sexta-feira. As feridas causadas pela infeção têm uma aparência "vermelha e carnuda", adiantou o relatório.

Em 2019, as autoridades de saúde do Reino Unido registaram 30 casos da doença, porém o aumento de casos nos últimos dois anos pode representar um risco para a saúde pública, alertou a Dra. Datta, da Clínica MyHealthCare em Londres no jornal New York Post.

"Os números sugerem que a donovanose, que antes se pensava estar circunscrita a lugares como a Índia, o Brasil e a Nova Guiné, está a tornar-se cada vez mais comum nestas zonas", disse a Dra. Datta.

Os sintomas incluem "inchaços vermelhos protuberantes", "pele danificada" e "perda da cor do tecido genital", de acordo com dados das autoridades de saúde britânicas. O tratamento longo da infeção é feito com a toma de antibiótico.

As DSTs, geralmente, são transmitidas por meio de sexo não protegido, mas em alguns casos mais raros, podem ser transmitidas por contacto não sexual, como contacto pele a pele ou das mães para os bebés recém-nascidos.

 

Donovanose Reino Unido saúde DST
Ver comentários