Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
4

Executado homem que disparou sobre Larry Flynt

Assassino em série foi morto um dia depois de a justiça norte-americana ter adiado a sua sentença de morte.
20 de Novembro de 2013 às 14:16
Joseph Paul Franklin, assassino em série
Joseph Paul Franklin, assassino em série FOTO: REUTERS/Missouri Department of Corrections

Foi executado Joseph Paul Franklin, de 63 anos, o assassino em série que disparou sobre Larry Flynt, editor norte-americano e presidente de uma empresa de filmes pornográficos, em 1978. O homem foi morto um dia depois de a justiça norte-americana ter decidido adiar a sua sentença de morte.

Mike O’Connell, responsável pelo departamento de correção no Missouri, revelou que a morte de Joseph Paul Franklin foi declarada às 06h17 (12h17 em Lisboa), avança o site australiano 'News.com.au'

O assassino em série morreu depois de lhe ter sido administrado pentobarbital – droga normalmente utilizada como sedativo –, apesar de um juiz do Missouri, Nannett Laughrey, ter afirmado que o pentobarbital causava “sofrimento inútil”.

A execução de Joseph Paul Franklin, que cometia crimes motivado por convicções racistas, foi a primeira registada no Estado do Missouri em três anos. Além do disparo sobre Larry Flynt, Franklin foi condenado pelas mortes do jornalista norte-americano Gerald Gordon, dois negros no Utah, um casal no Wisconsin. A estes crimes, somou ainda um atentado numa sinagoga no Tennessee.

EUA disparo Larry Flynt assassino em série justiça sentença Joseph Paul Franklin
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)