Governo socialista minoritário espanhol inicia semana decisiva para o seu futuro

Agência EFE avançava esta manhã que Sánchez estava a ponderar a marcação de eleições em 14 de abril próximo.
11.02.19
  • partilhe
  • 0
  • +
O Governo socialista minoritário espanhol começa esta segunda-feira uma semana decisiva, com a votação das emendas do Orçamento para 2019, que pode marcar o fim da legislatura, se a direita e os independentistas catalães mantiverem a sua oposição.

Uma grande manifestação no domingo no centro de Madrid mostrou pela primeira vez o centro-direita (Cidadãos), a direita (Partido Popular) e a extrema-direita (Vox) unidos a pedir a convocação de eleições que acreditam poder ganhar em conjunto.

O Governo socialista, liderado por Pedro Sánchez, espera que a imagem de "as três direitas" juntas, que defendem uma nova intervenção do executivo central na Catalunha, possa levar os partidos independentistas catalães a mudar de ideia e votar a seu lado as contas nacionais para 2019.

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!