Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
9

Jair Bolsonaro utiliza nomes falsos para fazer testes ao coronavírus

Informação consta nos documentos oficiais entregues hoje ao Supremo Tribunal Federal.
Lusa 13 de Maio de 2020 às 20:22
Jair Bolsonaro
jair bolsonaro
Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro
Jair Bolsonaro
jair bolsonaro
Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro
Jair Bolsonaro
jair bolsonaro
Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro
O Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, testou negativo nos exames que realizou ao novo coronavírus durante o mês de março, segundo os documentos oficiais entregues esta quarta-feira ao Supremo Tribunal Federal (STF).

Bolsonaro usou os pseudónimos de "Airton Guedes" e "Rafael Augusto Alves da Costa Ferraz" na realização dos exames médicos, argumentando que o fez por questões de segurança, preservação da imagem e privacidade. Porém, assegurou a sua identificação ao apresentar dados pessoais, como o número da sua cédula de identidade e o equivalente em Portugal ao Número de Identificação Fiscal.

"Eu sempre disse ao médico: 'coloque um nome de fantasia porque(...) alguém pode fazer alguma coisa esquisita'. Em todo o exame que eu faço tem um código", afirmou Bolsonaro à imprensa, no mês passado.

Jair Bolsonaro Supremo Tribunal Federal STF economia negócios e finanças política media
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)