Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
9

JULGAMENTO DE HUNTLEY COMEÇOU EM LONDRES

Teve ontem início em Londres o julgamento de Ian Huntley, o presumível assassino das meninas britânicas Holly Wells e Jessica Chapman, em Soham, Inglaterra, no Reino Unido.
4 de Novembro de 2003 às 00:00
O primeiro dia deste julgamento muito aguardado foi dedicado a questões de ordem técnica, nomeadamente à selecção das 25 pessoas de entre as quais serão hoje escolhidos os jurados. A lei britânica proíbe a Comunicação Social de noticiar os assuntos abordados pelos advogados de defesa e pelo procurador do Ministério Público.
Os pais das duas meninas estiveram presentes no arranque do julgamento, que poderá demorar entre três e quatro meses. Junto ao tribunal de Old Bailey, foram colocados ramos de flores e um urso de peluche em memória das duas meninas. Numa camisola branca podia ler-se: "Em memória de Holly e Jessica, da parte do país e do Festival Rock de Reading". Um dos ramos de flores trazia um cartão assinado dos "Jogadores e Apoiantes do Manchester United", o clube de futebol de que eram ambas adeptas.
Huntley, de 29 anos, funcionário da escola que as duas crianças frequentavam, nega ter morto Holly e Jessica, que tinham ambas dez anos. Além de Huntley, também a sua antiga namorada Maxine Carr, de 26 anos, ex-auxiliar do mesmo estabelecimento de ensino, foi inculpada por alegada cumplicidade, negando igualmente as acusações que sobre si recaem. Ambos estão detidos desde 17 de Agosto de 2002.
Recorde-se que as duas meninas desapareceram a 4 de Agosto de 2002, tendo os seus corpos sido encontrados quase duas semanas depois.
Ver comentários