Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
4

Mãe adotiva acusada de maltratar os filhos para promover canal do Youtube

Machelle Hackney não alimentava as crianças e utilizava gás pimenta no corpo e genitais das mesmas.
21 de Março de 2019 às 15:28
Machelle Hackney não alimentava as crianças e utilizava gás pimenta no corpo e genitais das mesmas
Mãe adotiva acusada por maltratar os filhos para promover canal do Youtube
Mãe adotiva acusada por maltratar os filhos para promover canal do Youtube
Mãe adotiva acusada por maltratar os filhos para promover canal do Youtube
Machelle Hackney não alimentava as crianças e utilizava gás pimenta no corpo e genitais das mesmas
Mãe adotiva acusada por maltratar os filhos para promover canal do Youtube
Mãe adotiva acusada por maltratar os filhos para promover canal do Youtube
Mãe adotiva acusada por maltratar os filhos para promover canal do Youtube
Machelle Hackney não alimentava as crianças e utilizava gás pimenta no corpo e genitais das mesmas
Mãe adotiva acusada por maltratar os filhos para promover canal do Youtube
Mãe adotiva acusada por maltratar os filhos para promover canal do Youtube
Mãe adotiva acusada por maltratar os filhos para promover canal do Youtube
Uma mulher do estado de Arizona, nos EUA, foi detida, na passada sexta-feira, por alegademente maltratar os sete filhos adotivos para que estes atuassem no canal do Youtube "Fantastic Adventures". Machelle Hackney, chegou a fechar várias vezes as crianças em armários. 

Segundo o Daily Mail, a mulher, para obrigar os filhos a atuarem como desejava nos vídeos que produzia para o canal, batia-lhes, não os alimentava e utilizava gás pimenta no corpo e genitais das crianças.

Um outro método que utilizava para os meninos decorarem as falas dos vídeos era dar-lhes banho de água gelada. Um deles chegou a reportar às autoridades que ficou com o pénis em sangue após sofrer fortes beliscões. 

De acordo com as autoridades, as crianças quando encontradas apresentavam níveis de má nutrição e pouco peso. Uma delas foi encontrada fechada num armário vestida apenas com uma fralda.

O jornal The Washington Post, reportou que um dos meninos quando lhe foi dada a oportunidade para beber àgua, bebeu três garrafas de 400ml em apenas 20 minutos.

O alerta foi dado pela filha biológica de Machelle Hackney, que pediu à polícia para uma assistente social se dirigir à casa onde a mãe vivia com as sete crianças.

A mãe adotiva das crianças era quem geria o canal "Fantastic Adventures", que já conta com mais de 700 mil subscritores e 250 milhões de visitas. Num total, os vídeos dos menores já renderam cerca de 2.2 milhões de euros em publicidade. 

Machelle Hackney foi acusada de sete crimes de abuso infantil e cinco por aprisionamento ilegal. Também os dois filhos biológicos da mulher, Ryan e Logan Hackney, foram acusados de abuso infantil por não denunciarem o caso às autoridades.
Daily Mail The Washington Post EUA Machelle Hackney Fantastic Adventures crianças crime lei e justiça
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)