Marcas espanholas mostram indignação contra o tampão menstrual

“Uma mulher durante toda a sua vida pode gastar até 12.000 pensos e tampões descartáveis. O copo menstrual, no entanto, pode durar até 10 anos”, diz a CEO de uma marca espanhola.
31.07.18
  • partilhe
  • 0
  • +

Marcas espanholas estão a criar novas alternativas a que a mulher pode recorrer durante o período menstrual, na tentativa de abolir o tampão, fazendo a defesa de uma menstruação sustentável e saudável.

A CEO da empresa Cyclo Menstruación Sostenible alega que uma mulher durante toda a sua vida terá gasto até 12.000 pensos higiénicos e tampões descartáveis. O objetivo da marca é vender produtos que respeitem o meio ambiente e totalmente fabricados em Espanha, inserindo-se num projeto de educação menstrual. Na plataforma online da loja é possível adquirir almofadas de pano reutilizáveis, forros para as cuecas femininas e ainda copos menstruais.

A Thinx, empresa que atua nos Estados Unidos há anos, foi a primeira a revolucionar o mercado com suas cuecas absorventes e anti bacteriana. De seguida, a marca expandiu o seu catálogo com aplicadores reutilizáveis ??para tampões e até um cobertor para praticar sexo durante o período de forma higiénica.

Após esse lançamento, a marca foi seguida por empresas como Lunapads ou Dear Kate, que mostraram interesse em apoiar uma menstruação mais saudável, mais confortável e com mais respeito pelo meio ambiente.

Embora outros países da Europa já tenham tentado vender produtos não poluentes para a intimidade feminina, só as marcas espanholas estão realmente a incentivar uma menstruação sustentável e saudável para as mulheres e para o meio ambiente.

Apesar das empresas mais pequenas não terem possibilidade de investimento em publicidade televisiva ou anúncios de maior destaque, a imprensa espanhola avança que as mulheres cada vez mais estão a aderir às alternativas menos poluentes e mais sustentáveis, sendo o copo menstrual a opção com mais adesão no país.

A imprensa espanhola garante que tem havido um aumento do interesse por parte das mulheres em adquirir estes produtos disponibilizados pelas marcas, nos últimos anos. O recente interesse em produtos sustentáveis revela-se não só em produtos de menstruação mas também de higiene íntima e até na alimentação.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!