Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
4

Morre durante voo e corpo continua por reclamar

Corpo da brasileira continua no Instituto de Medicina Legal em Paris.
28 de Dezembro de 2017 às 11:28
Flávia Luiza da Silva
Flávia Luiza da Silva FOTO: Redes Sociais
Uma mulher brasileira morreu durante um voo da Air France entre São Paulo e Paris, no dia 2 de dezembro. Passado quase um mês, o corpo da mulher de 38 anos continua na morgue em França à espera de ser reclamado. 

Flávia Luiza da Silva viajava desde o Recife, no Brasil para Itália. No voo de escala para Paris, acabou por se sentir mal e acabou por morrer, apesar dos esforços da tripulação que a tentou socorrer.

A embaixada brasileira em França entrou em contacto com as autoridades brasileiras a oito de dezembro e o corpo fosse recolhido pelo Instituto de Medicina Legal de Paris.

O Ministério dos Negócios Estrangeiros do Brasil já informou a Polícia Federal do Paraíba no sentido de unir esforços para "encontrar algum familiar da vítima", mas o certo é que até esta terça-feira não tinha sido encontrado nenhum parente da brasileira.

Segundo o site G1, foi localizada uma irmã da mulher, mas o cadáver de Flávia continua por reclamar. 


Brasil Air France São Paulo Paris França Flávia Luiza da Silva
Ver comentários