Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
3

'Overdose' de Viagra

Aloísio da Hora, de 63 anos, terá ingerido duas embalagens do estimulante sexual.
17 de Agosto de 2013 às 01:00
No quarto de hotel foram encontradas duas embalagens vazias
No quarto de hotel foram encontradas duas embalagens vazias FOTO: Bruno Colaço

Um homem de 63 anos, Aloísio da Hora, casado e pai de nove filhos, morreu num hotel de encontros em Campinas, a 90 km de São Paulo, depois de, aparentemente, ter ingerido um estimulante sexual em quantidade excessiva. Na altura, estava acompanhado de uma mulher, Doraci Rodrigues, de 47 anos e igualmente casada.

Segundo a polícia, o nervosismo de Doraci ao deixar o hotel sozinha, alegando que Aloísio tinha adormecido, causou desconfiança numa funcionária que, acompanhada de Doraci, foi ao quarto e descobriu Aloísio inerte na cama e já sem respirar.

Os médicos adiantaram à polícia que a causa provável da morte foi paragem cardíaca por uso excessivo de citrato de sildenafila, substância ativa do Viagra e de outros medicamentos para dificuldades de ereção. No quarto, foram encontradas duas embalagens vazias do estimulante, cada uma com 50 mg, que Aloísio presumivelmente usou para concretizar o ato sexual.

Aloísio da Hora viagra overdose sexo Doraci Rodrigues Campinas São Paulo
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)