Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
3

Pai salta de 17.º andar de hotel com a filha ao colo em São Paulo

"Não tenho ninguém com quem a deixar que me dê um mínimo de segurança", escreveu em carta deixada no quarto onde estava hospedado.
Lusa 5 de Junho de 2021 às 20:31
São Paulo
São Paulo FOTO: Getty Images
Um cidadão espanhol procurado pela Interpol morreu com a sua filha de 6 anos após ter saltado do 17.º andar de um hotel onde estavam hospedados em São Paulo, revelaram este sábado as autoridades brasileiras.

Segundo a polícia militar da cidade paulista, o homem, de 53 anos, deixou uma carta escrita em espanhol no seu quarto, na qual pediu "desculpas" pelo incidente e que estendeu "ao hotel" pelos "danos" que poderiam ser causados.

"Não tenho ninguém com quem a deixar que me dê um mínimo de segurança e paz de espírito", escreveu o cidadão espanhol sobre a filha, numa carta à qual os meios de comunicação brasileiros tiveram acesso, e em que acrescentou um lamento: "Isto não teria acontecido no meu país, com a minha família ao meu lado".

De acordo com as autoridades, o quarto de hotel que ocupavam estava "em ordem" e sem quaisquer sinais de violência.

A Polícia Militar de São Paulo ainda não especificou desde quando o homem e a menina estavam no Brasil ou qual o alegado crime para o qual a sua captura tinha sido solicitada à Interpol.
São Paulo Interpol crime lei e justiça polícia questões sociais política governo (sistema)
Ver comentários