Papa pede a pais que evitem discutir em frente às crianças

Francisco lembra que "é grande a angústia de uma criança quando vê os pais discutir”.
Por S.C.|14.01.19

O Papa pediu ontem aos pais para nunca discutirem à frente das crianças, para não lhes causar angústia. O conselho aos pais surgiu na Capela Sistina, durante o batismo de 27 crianças (15 meninas e 12 meninos), a maioria filhos de funcionários do Vaticano, que batizou na Capela Sistina.

"Nunca discutam à frente das crianças", apelou Francisco, considerando que é normal que existam momentos de discussão – "seria estranho que não houvesse - mas devem ocorrer sem que as crianças oiçam". "Discutam sem que as crianças ouçam ou vejam, porque é grande a angústia de uma criança quando vê os pais discutir", referiu.

Na homilia improvisada, o Papa voltou a ter uma palavra especial para as mães, para que se sentissem confortáveis caso tivessem necessidade de amamentar os filhos, "num ambiente estranho" para eles. "Estejam à vontade, não os tapem demasiado, e se choram porque têm fome, amamentem-nos, sem problema".

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!