"Descobrimos os restos mortais da Maëlys", diz procurador francês

Suspeito dos crimes diz que morte da menina foi "acidental".
14.02.18
Jean-Yves Coquillat, procurador francês, anunciou, na tarde desta quarta-feira, terem sido descobertos os restos mortais de Maëlys Araújo, a menina de 9 anos que estava desaparecida desde agosto de 2017. "Há alguns minutos, encontrámos os restos mortais da criança", disse o magistrado.

O procurador acrescenta que Nordahl Lelandais confessou ter cometido o crime, mas diz que a morte terá sido "acidental".

Durante a conferência de imprensa, o procurador adiantou que Nordahl "disse que tinha remorsos e pediu desculpa". O suspeito diz que matou "involuntariamente" Maëlys e levou o corpo da menina para um lugar perto de sua casa, antes de voltar para o casamento. O homem livrou-se depois do corpo numa floresta.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!