Polígamo castiga as mulheres recusando-lhes sexo por um mês

Ivan Sukhov diz que vive "harmoniosamente" com as suas três esposas.
09.11.18
Ivan Sukhov, com 34 anos, diz que vive "harmoniosamente" com as suas três mulheres numa relação de poligamia. Contudo, quando tenciona castigá-las, recusa-lhes sexo durante um mês. 

Sukhov vive numa quarto separado e todas as noites convida uma das suas mulheres para passar a noite consigo. "Se uma das minhas mulheres fizer algo de errado, não a vou convidar para a minha cama durante um mês", disse ao Daily Mail.

O russo, que se considera um católico ortodoxo, está casado com Natalia Sukhova. Contudo, como quis alargar a família, os dois decidiram acolher mais mulheres na relação: apareceu Anna e, mais recentemente, Madina, uma mulher muçulmana. Ao todo, Sukhov já foi pai de nove crianças: seis da Natalia e três de Anna. 

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!