Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo

Mata filho bebé a tiro depois de namorada se recusar a fazer sexo

Homem de 23 anos ficou furioso e acabou por disparar sobre criança de seis meses.
13 de Setembro de 2018 às 20:23
Mata filho bebé a tiro depois de namorada se recusar a fazer sexo
Mata filho bebé a tiro depois de namorada se recusar a fazer sexo
Mata filho bebé a tiro depois de namorada se recusar a fazer sexo
Mata filho bebé a tiro depois de namorada se recusar a fazer sexo
Mata filho bebé a tiro depois de namorada se recusar a fazer sexo
Mata filho bebé a tiro depois de namorada se recusar a fazer sexo
Mata filho bebé a tiro depois de namorada se recusar a fazer sexo
Mata filho bebé a tiro depois de namorada se recusar a fazer sexo
Mata filho bebé a tiro depois de namorada se recusar a fazer sexo
Mata filho bebé a tiro depois de namorada se recusar a fazer sexo
Mata filho bebé a tiro depois de namorada se recusar a fazer sexo
Mata filho bebé a tiro depois de namorada se recusar a fazer sexo
Maycon Salustiano Silva, de 25 anos, matou o filho bebé de seis meses de idade a tiro depois de a mulher se recusar a fazer sexo, em Luziania, no Brasil.

O homem teria estado, alegadamente, a beber álcool e a consumir drogas momentos antes de disparar sobre a criança. Tudo começou com uma discussão com a mulher, Jeniffer, de 20 anos.

As autoridades garantem que depois de esta se recusar a ter relações sexuais, Maycon foi à procura de uma pistola que tinha escondida atrás do sofá da casa e atingiu o filho a tiro, que acabou por morrer no hospital duas horas depois do incidente.

O homem diz não se lembrar de nada do que fez e as autoridades acreditam que este tenha agido sob um impulso de raiva. "Acreditamos que o homem tenha pressionado o gatilho da arma por estar raivoso, e que sem se aperceber, atingiu mortalmente a criança que estava deitada na cama dos pais", explicou Daniel Martins Ferreira, o detetive responsável pelo caso no Brasil.

O testemunho da jovem mãe é de que inicialmente o ex-namorado lhe apontou a si a arma, em tom de ameaça. De seguida, encostou a pistola junto ao peito do filho perante o olhar atónito de Jennifer, que não acreditava que o homem fosse capaz de matar o bebé.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)