Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
6

Maioria dos suspeitos islamitas dos ataques no Sri Lanka mortos ou detidos

Atentados, que causaram 253 mortos, foram realizados por um "pequeno grupo, mas bem organizado".
Lusa 28 de Abril de 2019 às 15:16
Explosões no Sri Lanka
Explosões no Sri Lanka
Explosões no Sri Lanka
Explosões no Sri Lanka
Explosões no Sri Lanka
Explosões no Sri Lanka
Expolosões no Sri Lanka
Explosões no Sri Lanka
Explosões no Sri Lanka
Explosões no Sri Lanka
Explosões no Sri Lanka
Explosões no Sri Lanka
Explosões no Sri Lanka
Expolosões no Sri Lanka
Explosões no Sri Lanka
Explosões no Sri Lanka
Explosões no Sri Lanka
Explosões no Sri Lanka
Explosões no Sri Lanka
Explosões no Sri Lanka
Expolosões no Sri Lanka

As forças de segurança do Sri Lanka mataram ou detiveram a maioria dos islamitas radicais ligados aos atentados suicidas da Páscoa, anunciou este domingo o primeiro-ministro, Ranil Wickremesinghe, afirmando que o país está pronto para "voltar à normalidade".

Os atentados, que causaram 253 mortos, foram realizados por um "pequeno grupo, mas bem organizado", declarou num comunicado.

"A maioria dos seus membros foram detidos. Alguns estão mortos, adiantou, referindo: "Agora estamos prontos para voltar à normalidade".

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)