Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
6

Supremo Tribunal recusa libertação de Lula da Silva

Juízes negaram pedido para antigo presidente brasileiro aguardar decisão em liberdade.
Domingos Grilo Serrinha e correspondente no Brasil 27 de Junho de 2019 às 08:27
Lula terá de esperar, pelo menos, até agosto pela decisão do Supremo
Bolsonaro fez uma escala em Lisboa
Lula terá de esperar, pelo menos, até agosto pela decisão do Supremo
Bolsonaro fez uma escala em Lisboa
Lula terá de esperar, pelo menos, até agosto pela decisão do Supremo
Bolsonaro fez uma escala em Lisboa
O Supremo Tribunal Federal do Brasil rejeitou na quarta-feira um recurso da defesa que pediu a libertação imediata de Lula da Silva e adiou a análise de outro, deitando por terra a esperança do ex-presidente brasileiro de sair da cadeia antes das férias judiciais do mês de julho.

O primeiro recurso, em que Lula pedia a anulação da sentença devido a um erro processual supostamente cometido pelo juiz Félix Fischer, do Superior Tribunal de Justiça, foi recusado por 4 votos a 1.

Havia ainda um segundo recurso, no qual Lula pedia igualmente a anulação da sua condenação a 12 anos e um mês por alegada parcialidade do então juiz Sérgio Moro, hoje ministro da Justiça, mas o juiz Gilmar Mendes, argumentando que não havia tempo na sessão para o julgar, propôs que a análise do caso fosse adiada mas que o antigo presidente pudesse aguardar a decisão em liberdade.

Por três votos a dois, os magistrados concordaram com o adiamento mas não com a libertação provisória de Lula e ele vai ter de esperar até pelo menos agosto para o caso ser reanalisado.

Lula e os advogados tinham esperança de vitória neste último recurso devido à revelação recente de mensagens em que Moro parece coordenar ações com o Ministério Público para conseguir provas contra o ex-presidente.

Segurança de Bolsonaro preso com cocaína
A polícia espanhola prendeu na terça-feira, em Sevilha, um militar brasileiro que faz parte do dispositivo de segurança do presidente Jair Bolsonaro para a cimeira do G20, no Japão, por transportar uma mala com 39 kg de cocaína.

Bolsonaro confirmou a notícia e prometeu total cooperação para apurar os factos. Devido ao incidente, o PR brasileiro, que viajou noutro avião, alterou a rota do voo e, em vez de Sevilha, fez ontem escala em Lisboa.

Deputado escondeu fortuna em Portugal
O deputado Paulo Preto, acusado de lavagem de dinheiro na Lava Jato, tentou escapar à Justiça transferindo 3,7 milhões de euros para Portugal.

A fortuna de Preto é superior a 30 milhões de euros e resulta de subornos de construtoras. Parte do dinheiro financiava o PSDB.

PORMENORES
Lula mantém ceticismo
Ao contrário dos advogados, que estavam otimistas com uma possível liberdade condicional, Lula acredita que a condenação dele foi política e que as forças poderosas que o levaram para a prisão vão fazer de tudo para ele não sair.

Outros processos
Além do caso em que foi condenado a 11 anos e um mês de cadeia e cujo recurso está pendente no Supremo, Lula já foi condenado noutro processo a mais 12 anos e 11 meses, e enfrenta ainda outros sete processos por corrupção.
Ver comentários