Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
7

Suspeito de atentado no Texas "sem emoções" no dia seguinte

Advogado avança que jovem de 17 anos não explicou os motivos do ataque que matou 10 pessoas.
19 de Maio de 2018 às 21:23
Dimitrios Pagourtzis, de 17 anos foi identificado como o autor do tiroteio no Texas
Tiroteio no Texas faz um morto e três feridos
Polícia entra na escola de Santa Fé onde tiroteio fez vários mortos
 Alunos foram retirados de escola de Santa Fe, após tiroteio que fez vários mortos
Dimitrios Pagourtzis, de 17 anos foi identificado como o autor do tiroteio no Texas
Tiroteio no Texas faz um morto e três feridos
Polícia entra na escola de Santa Fé onde tiroteio fez vários mortos
 Alunos foram retirados de escola de Santa Fe, após tiroteio que fez vários mortos
Dimitrios Pagourtzis, de 17 anos foi identificado como o autor do tiroteio no Texas
Tiroteio no Texas faz um morto e três feridos
Polícia entra na escola de Santa Fé onde tiroteio fez vários mortos
 Alunos foram retirados de escola de Santa Fe, após tiroteio que fez vários mortos
Dimitrios Pagourtzis, o estudante de 17 anos que, segundo avançaram as autoridades, terá morto dez pessoas numa escola do Texas, pareceu estar "estranhamente sem emoções" na manhã seguinte, segundo avançou este sábado um dos seus advogados.

"Ele é muito emotivo e estranhamente estava sem emoções", avançou Nicholas Poehl, um dos dois advogados contratados pelos pais do suspeito, quando solicitado a descrever o estado de espírito de seu cliente.

Para além dos dez mortos, o jovem feriu pelo menos 13 pessoas, sendo que duas se encontram com o estado clínico reservado, avança a Reuters.

À medida que o ataque se foi desenrolando, Pagourtzis poupou as pessoas de que gostava, para que pudesse ter alguém que contasse o seu lado da história, revela a Reuters que consultou um documento da investigação. Mas continua a não haver explicação para o porquês de ter entrado a disparar na aula de artes.

Dimitrios, filho de um emigrante grego que chegou à América nos anos 2000, ostentava no Facebook uma foto em que envergava uma t-shirt com a frase "Born to Kill" (Nascido para matar, uma das frases chave do filme de guerra de Stanley Kubrick sobre o Vietname). O diário do adolescente está a ser analisado, mas não haverá, para já, indicações de um plano de ataque.

O jovem de 17 anos optou por se manter em silêncio, depois de fazer um depoimento em que assumiu a autoria do ataque. Está acusado de homicídio qualificado e não poderá ter fiança para sair em liberdade.



Nicholas Poehl Texas advogado crime
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)