Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
4

Turistas mendigam nas ruas para continuar férias. População do sudoeste asiático revoltada

Ocidentais viajam para cidades do sudoeste asiático e pedem dinheiro nas ruas para alimentação e estadia.
Correio da Manhã 30 de Agosto de 2019 às 22:04
Turistas mendigam nas ruas para continuar férias
Turistas mendigam nas ruas para continuar férias
Turistas mendigam nas ruas para continuar férias
Turistas mendigam nas ruas para continuar férias
Turistas mendigam nas ruas para continuar férias
Turistas mendigam nas ruas para continuar férias
Turistas mendigam nas ruas para continuar férias
Turistas mendigam nas ruas para continuar férias
Turistas mendigam nas ruas para continuar férias

Turistas ocidentais de classe média estão a invadir as ruas do sudoeste asiático como Indonésia, Tailândia ou Laos. Mendigam por dinheiro nas ruas das cidades para conseguir pagar a estadia e a alimentação. Este cenário cada vez mais frequente tem indignado a população uma vez que estes turistas pedem num país onde o nível de vida é muito inferior ao deles.

Em Bali, na Indonésia, as autoridades já anunciaram que não vão prestar assistência a quem não tenha meios financeiros para dar continuidade às férias na ilha tropical.

Também os funcionários do serviço de imigração asiáticos, tomaram medidas. Alertaram levar os turistas estrangeiros que ficarem sem dinheiro ou que queiram passar por mendigos às suas respetivas embaixadas.

Além disso, na Indonésia e Tailândia, os visitantes à chegada do país terão que provar que têm pelo menos 574 euros para efetuar o pagamento da sua estadia.

Perante o aumento das denúncias, outros governos já estão a adotar medidas idênticas para travar este fenómeno.

Até ao momento, as autoridades indonésias tinham uma política que cobria as necessidades básicas dos viajantes em dificuldades ao fornecer-lhes comida e alojamento, no entanto, perante este cenário avassalador, abandonaram essa política.

Nas redes sociais circulam várias fotografias de turistas ocidentais com cartazes onde se pode ler desde "estou a viajar pela Ásia sem dinheiro, por favor contribua na minha viagem" até "preciso de dinheiro para comprar um bilhete de volta. Compre-me uma pulseira para me ajudar".

Essas fotografias são acompanhadas de comentários de outros turistas e habitantes locais a criticar o comportamento de "pedir dinheiro aos pobres para viajar".

Segundo as autoridades, a maior parte destes turistas vêm de países como a Rússia, Austrália e Reino Unido.

Ásia cidades asiáticas turismo turistas ocidentais sudoeste asiático classe média
Ver comentários