Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
3

Rui Rio defende que Carlos Costa "sabe exatamente o que fez" e deve avaliar condições para continuar

Presidente do PSD considerou que o governador está "obviamente" fragilizado.
Lusa 13 de Fevereiro de 2019 às 17:50
A carregar o vídeo ...
Rui Rio quer Carlos Costa fora do Banco de Portugal

O presidente do PSD, Rui Rio, afirmou esta quarta-feira que o governador do Banco de Portugal "sabe exatamente o que fez" quando foi administrador da Caixa Geral de Depósitos e deve avaliar se tem condições para se manter no cargo.

"Se estiver com a consciência completamente tranquila, então fica no lugar, vai à comissão de inquérito e está à vontade porque nada vai aparecer. Se assim não é, se tem a consciência de que participou naquelas decisões ruinosas, entendo que devia sair pelo próprio pé", defendeu, considerando que o pior que podia acontecer" é ser a comissão de inquérito a verificar a participação de Carlos Costa nessas decisões, sem que o governador as tivesse assumido.

Questionado pelos jornalistas, no final de uma reunião com sindicatos de professores, sobre a situação do governador do Banco de Portugal, Rio considerou que Carlos Costa está "obviamente" fragilizado.

presidente do PSD Carlos Costa Rui Rio Caixa Geral de Depósitos Banco de Portugal Rio política
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)