Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
7

Costa afirma que nova Lei de Bases da Saúde respeita "linhas vermelhas" de Marcelo

Primeiro-ministro afastou o cenário de o chefe de Estado vetar a nova legislação dado que esta apenas foi aprovada pelas forças da esquerda.
Lusa 12 de Julho de 2019 às 22:07
António Costa no debate de legislatura no parlamento
António Costa
António Costa no debate de legislatura no parlamento
António Costa
António Costa no debate de legislatura no parlamento
António Costa

O secretário-geral do PS afirmou esta sexta-feira que o acordo alcançado com o Bloco de Esquerda e PCP no processo de revisão da Lei de Bases da Saúde respeita as "linhas vermelhas" colocadas pelo Presidente da República.

António Costa assumiu esta posição em declarações aos jornalistas, antes de participar numa sessão de esclarecimento com militantes socialistas de Odivelas sobre o Estado da nação, ocasião em que também afastou o cenário de o chefe de Estado, Marcelo Rebelo de Sousa, vetar a nova legislação por causa de apenas ser aprovada pelas forças da esquerda parlamentar.

"O senhor Presidente da República fará a apreciação que entender. Tinha deixado relativamente claro quais eram as suas próprias linhas vermelhas. Na redação que foi agora encontrada, acho que se respeitam as linhas vermelhas que todos tinham traçado", sustentou António Costa, tendo ao seu lado o secretário de Estado dos Assuntos Parlamentares e líder da Federação da Área Urbana de Lisboa (FAUL) do PS, Duarte Cordeiro.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)