Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
3

Portugal, Irlanda, Luxemburgo e Malta são os únicos países da UE sem extrema-direita no Parlamento

Vox conquistou mais de 20 deputados em Espanha nas eleições deste domingo.
Lusa 28 de Abril de 2019 às 23:23
Assembleia da República
Assembleia da República
Parlamento
Assembleia da República
Assembleia da República
Parlamento
Assembleia da República
Assembleia da República
Parlamento

A entrada do Vox no Parlamento espanhol, resultado das eleições deste domingo, faz com que Portugal, Irlanda, Luxemburgo e Malta sejam os únicos países da União Europeia (UE) para já imunes à extrema-direita.

Os resultados, quando estão escrutinados 94,21% dos votos, mostram que o Vox obteve 24 lugares, correspondentes aos 2,5 milhões de votos que conseguiu, ou seja a preferência de 10,2% dos eleitores, transformando-se na quinta força política em Espanha depois destas eleições gerais.

O PSOE (socialista), de acordo com estes dados ainda provisórios, ganhou as eleições e elege 122 deputados (28,8% dos votos) no Congresso dos Deputados, o PP (Partido Popular, direita) 65 (16,7%), o Cidadãos 57 (15,8%) e o Unidas Podemos (extrema-esquerda) 42(14,3%).

Vox no Parlamento Portugal Malta Congresso dos Deputados Espanha UE PP Partido Popular Podemos política
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)