MAIORIA ABSOLUTA ROSA NOS AÇORES

O PS ganhou as eleições regionais realizadas este domingo nos Açores e terá mesmo conquistado maioria absoluta, com 56% a 60% dos votos, de acordo com uma projecção avançada pela RTP-Açores. Os resultados confirmaram-se e tiveram um efeito imediato, o PSD regional ficou sem líder.
17.10.04
  • partilhe
  • 0
  • +
O líder do PSD-Açores e candidato à presidência do Governo Regional pela coligação Açores (PSD/CDS-PP), Vítor Cruz, assumiu a responsabilidade pela derrota. Considerando ser o único culpado demitiu-se da liderança do PSD-Açores.
Carlos César, o socialista reeleito, após oito anos na presidência do Governo Regional, destacou a votação muito superior ao registo de 2000 e garantiu que vai "cobrar as promessas feitas pelos ministros da República" à candidatura derrotada.
Em 2000, os socialistas de Carlos César, presidente do Governo Regional dos Açores, elegeram 30 deputados para a Assembleia Regional, que tem um total de 52 assentos. No escrutínio de hoje, a coligação obteve 21 deputados (36,83%) num acto eleitoral muito bipolarizado. A CDU, aliás, começou por realçar que os objectivos regionais tinham sido alcançados, mas nem Decq Mota, o líder comunista, conseguiu ser eleito (a CDU conseguiu apenas 2,81%). O BE só obteve 0,97, não conseguindo, tal como a CDU, eleger deputados.
O responsável pela campanha do PS nos Açores, José Contente, já comentou que estes resultados traduzem a vitória da "seriedade" contra "o boato e a calúnia", conferindo a Carlos César um terceiro mandato na presidência do Governo regional.
De acordo com a mesma projecção, a coligação PSD/CDS-PP terá obtido entre 34% a 38% (19 a 21 deputados). Em 2000, o PSD elegera 18 deputados e os CDS-PP 2. Segundo a projecção da RTP-Açores, preparada pela Universidade Católica, a CDU terá obtido entre 2% a 4% dos votos (1 a 2 deputados), o que significa que pode perder um dos dois deputados eleitos em 2000, enquanto que o Bloco de Esquerda não conseguiu eleger hoje qualquer deputado nos Açores.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!