Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
5

Nunca disse que na Margem Sul jamais

O ministro das Obras Públicas, Mário Lino, considerou ontem que as suas declarações sobre a construção do novo aeroporto de Lisboa foram mal interpretadas e garantiu que “nunca disse que na Margem Sul ‘jamais’ [nunca]”. Durante o debate de urgência no Parlamento solicitado pelo PSD, Mário Lino assegurou ainda que “o sector das obras públicas e dos transportes está bem e recomenda-se”.
8 de Dezembro de 2007 às 00:00
Confrontado com as críticas do democrata-cristão Abel Baptista, o ministro das Obras Públicas afirmou: “O senhor deputado sabe perfeitamente que eu nunca disse que [o aeroporto] na Margem Sul ‘jamais’”. Na resposta, Abel Baptista atirou, em francês: “Nunca disse ‘toujours’ [sempre] nem ‘peut -etrê’ [talvez], mas ‘jamais’ [nunca] disse”.
Já o PSD acusou o Governo de criar uma “almofada” de 800 milhões de euros com as mudanças na Estradas de Portugal para baixar o IVA. “Desista desta operação”, apelou o deputado Miguel Frasquilho.
Para os sociais-democratas, o sector das obras públicas e dos transportes reflecte a total desorientação do Executivo: “Em dois anos e meio, este Governo lançou concursos para apenas 14 obras de construção nova, o que demonstra bem a inoperância deste Ministério.” Mas o ministro garantiu que o “sector está bem e recomenda-se”.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)