PS AGUENTA-SE À FRENTE DO PSD

Se as eleições legislativas fossem hoje, o PS conseguiria 38 por cento dos votos e o PSD não ultrapassaria os 31,6 por cento. Por seu lado, o PP seria a terceira força mais votada, com 8,7 por cento dos votos, enquanto a CDU obteria 5,2 por cento e o Bloco de Esquerda 3,4 por cento.
02.08.02
  • partilhe
  • 0
  • +
Estes são os números da EuroSondagem para o Semanário “Expresso” e para a Rádio Renascença, que comparados com os do mês passado revelam uma subida de 0,9 por cento das intenções de voto no PS e uma descida de 0,6 no PSD.

O Partido Popular regista também uma descida de um por cento enquanto a CDU e o Bloco de Esquerda mantêm percentagens praticamente idênticas nos dois painéis.

Este estudo de opinião foi realizado pela Eurosondagem nos dias 24, 25, 26, 29 e 30 de Julho de 2002, através de 1054 entrevistas telefónicas validadas. O universo é a população com 18 anos ou mais, residente em Portugal continental, sendo o erro máximo da amostra de 2,5 por cento.

Em relação aos que consideravam negativo o desempenho de Durão Barroso houve um decréscimo de 2,9 por cento. Em matéria de líderes, Ferro Rodrigues, do PS, recebe mais uma décima passa para 35, 6 por cento.

“As sondagens são sinais e como tal devem ser interpretadas”, foi assim que o porta-voz do PS, Paulo Pedroso, comentou ao Correio da Manhã estes números. Para o PS, isto demonstra que os portugueses “não estão a aprovar a conduta do Governo” o que deve merecer uma “reflexão” de todos, acrescentou Pedroso. No entanto, para o porta-voz dos socialistas “não deve ser dado demasiado valor a esta sondagem por estarmos longe de eleições”.

“Este Governo”, diz o PS, “não está para resolver os problemas do País e dos portugueses, mas está a crispar desnecessariamente as relações sociais e laborais”. Para Paulo Pedroso esta postura pode vir a criar “algo sério a médio prazo”.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!