Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
6

Tom sobe em duelo entre Costa e PSD

Hugo Soares diz que PIB é “poucochinho”.
Salomé Pinto 15 de Fevereiro de 2018 às 08:35
António Costa
António Costa
António Costa
António Costa
António Costa
António Costa
António Costa
António Costa
António Costa
O último debate quinzenal antes de Rui Rio assumir a liderança do PSD ficou marcado pelo bate-boca entre o primeiro-ministro e o presidente da bancada social-democrata, Hugo Soares.

Depois de António Costa destacar os resultados positivos do crescimento da economia – 2,7%, segundo o INE –, Hugo Soares atirou que "é uma ambição poucochinha de um país que cresce pouco". O primeiro-ministro contra-atacou: "É difícil desvalorizar aquele que é o maior crescimento do século XXI. Se quer mais, nós também, mas o que temos já é muito."

Na resposta, o líder parlamentar do PSD voltou à carga: "Para fazer debates consigo só tive de ter os votos da minha bancada. O senhor para ter esses debates comigo teve de conjugar os votos de três bancadas." O primeiro-ministro fica com a última palavra: "Vocês somam pouco, nós somamos muito."

O duelo continuou com a solução encontrada para os lesados do BES, com o PSD a dizer que "o País está habituado a que o PS deixe as faturas para os outros pagarem" e acusando o Governo de querer que sejam os contribuintes a suportar o reembolso.

Bloco exige ao Governo mais médicos e Executivo diz que Cristas "mimetiza" BE
"Há 650 médicos especialistas à espera para serem contratados e há 700 mil utentes à espera de médicos de família", disse a líder do BE no debate.

Catarina Martins perguntou quando é que o Governo vai abrir o concurso para a contratação de médicos, questão que ficou sem resposta. Assunção Cristas tocou no mesmo assunto, o que levou Costa a dizer que o CDS estava a "mimetizar" o BE.
António Costa Rui Rio PSD presidente BES Hugo Soares País PS Catarina Martins Assunção Cristas
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)