Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal

Assalto rende um milhão

Ladrões levaram mais de mil peças de ouro de ourivesaria.
Liliana Rodrigues 31 de Julho de 2015 às 02:45
Arnaldo Morgado mostra a janela das traseiras (à esquerda) por onde  os ladrões entraram. Arrancaram a grade, cortaram o arame e entraram na loja
Arnaldo Morgado mostra a janela das traseiras (à esquerda) por onde os ladrões entraram. Arrancaram a grade, cortaram o arame e entraram na loja FOTO: CMTV
Mais de mil peças de ouro, prata e relógios foram furtadas do interior da ourivesaria Santos, no centro da cidade de Vila Real. Os ladrões entraram por uma janela nas traseiras. O roubo avaliado em um milhão de euros aconteceu na madrugada de quarta-feira.

"Só relógios com braceletes de ouro, cada uma a quatro mil euros, levaram pelo menos oito. E pulseiras, também de ouro, são às dezenas, nem as consigo ainda contabilizar todas", desabafa, ainda atónito, o ourives Arnaldo Morgado. À frente de uma das mais antigas ourivesarias da rua Miguel Bombarda, o comerciante, de 81 anos, mostra-se estupefacto com a "esperteza" dos ladrões.

"Só pode ser gente que conhece, para entrar pelas traseiras, por uma porta que dá acesso ao pátio abandonado. Depois arrancaram a grade, cortaram o arame e entraram sem sequer pôr os pés nos baldes de água que estavam encostados ali, por acaso", constata o ourives que, apesar do desgosto, vai manter o negócio.

"Foi o funcionário que se apercebeu ao abrir a porta de manhã. Não dá para esquecer isto, não consigo pensar noutra coisa. Andaram aqui de noite, com as portadas fechadas estavam à vontade, foi só escolher. Foi tudo o que era de ouro e a prata com dourado", sublinha. Sem seguro e com o alarme desligado "porque soa várias vezes de noite, sem haver nada", junta-se outro problema: "Havia muitos relógios e ouro para arranjar, e que levaram. Agora tenho ainda mais esse problema para resolver. É complicado", remata.
assalto ourivesaria Santos Vila Real Arnaldo Morgado crime lei e justiça ouro
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)