Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
4

34 referências ao Correio da Manhã na acusação da Operação Marquês 

O CM acompanhou o processo desde a primeira hora.
14 de Outubro de 2017 às 14:56
José  Sócrates
José Sócrates
José  Sócrates
José  Sócrates
José Sócrates
José  Sócrates
José  Sócrates
José Sócrates
José  Sócrates
Na acusação do Ministério Público são feitas 34 referências ao Correio da Manhã. Todas elas dizem respeito à investigação que o CM foi fazendo ao longo dos anos em torno de José Sócrates, nomeadamente devido à sua vida de luxo e à venda dos imóveis da sua mãe a Carlos Santos Silva.

Foi devido às notícias que Sócrates começou a dizer que Santos Silva era o dono da casa, tratando-o mesmo por "senhorio". "Os reflexos da notícia do Correio da Manhã, bem como  a pressão do jornal sobre os negócios do arguido Santos Silva, levaram os arguidos a concluir que mais tarde ou mais cedo, os jornalistas pudessem chegar ao conhecimento da casa de Paris ", diz a acusação.
Ministério Público Carlos Santos Silva Correio da Manhã José Sócrates Paris política Operação Marquês
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)