Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
2

Agente da PSP apedrejado ao travar festa na Amadora

Polícia chamada para acabar com barulho e fogo de artifício.
Miguel Curado 27 de Abril de 2019 às 01:30
Polícia foi chamada durante a madrugada para uma desordem na Reboleira e foi recebida à pedrada
Festa obriga à intervenção da PSP em bairro da Amadora. Há dois feridos
Agentes da PSP
Polícia foi chamada durante a madrugada para uma desordem na Reboleira e foi recebida à pedrada
Festa obriga à intervenção da PSP em bairro da Amadora. Há dois feridos
Agentes da PSP
Polícia foi chamada durante a madrugada para uma desordem na Reboleira e foi recebida à pedrada
Festa obriga à intervenção da PSP em bairro da Amadora. Há dois feridos
Agentes da PSP
Um agente da PSP ficou ferido no joelho, esta sexta-feira de madrugada, após ter participado numa intervenção de reposição da ordem numa rua da Reboleira, Amadora. A Polícia foi chamada por moradores devido a uma festa com barulho excessivo, e foi obrigada a disparar balas de borracha, que feriram um morador.

A celebração, decorrida num bar do bairro da Estrada Militar, começou ainda na quinta-feira, 25 de abril, e estendeu-se pela madrugada desta sexta-feira. Cerca da 01h30, moradores fartos do barulho da música e do arremesso de fogo de artifício chamaram a PSP.

Pouco depois compareciam duas Equipas de Intervenção Rápida da Amadora, compostas por cerca de 15 agentes.

A PSP assegura que os polícias foram recebidos à pedrada e com o arremesso de garrafas de vidro. Foi, por isso, necessário efetuar vários disparos de balas de borracha.

Além do agente ferido, um civil também precisou de receber assistência no Hospital de Santa Maria, em Lisboa, por ter sido atingido com uma das munições de borracha disparadas pela PSP.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)