Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
6

Agente fica preso por furto de 57 pistolas

Processo tem mais dois detidos, João Paulino e António Laranjinha, que já eram arguidos no processo do furto de armas em Tancos.
M.C. 23 de Dezembro de 2018 às 09:56
Luís Gaiba, agente da PSP
Polícia
Luís Gaiba, agente da PSP
Polícia
Luís Gaiba, agente da PSP
Polícia
Luís Gaiba, agente da PSP e principal suspeito do furto das 57 pistolas Glock do depósito da Direção Nacional da Polícia, em Lisboa, ficou em prisão preventiva após interrogatório judicial.

O colega David Chora, um dos outros seis presos da operação da Divisão de Investigação Criminal de Lisboa, realizada na quarta-feira, aguarda julgamento com Termo de Identidade e Residência.

Os outros cinco detidos na mesma ação policial ficaram sujeitos a apresentações periódicas às autoridades policiais.

Recorde-se que o processo tem mais dois detidos, João Paulino e António Laranjinha, que já eram arguidos no processo do furto de armas em Tancos.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)