Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
7

Uma tonelada de cocaína apreendida e sete detidos em megaoperação no Atlântico

Investigação partiu da cooperação entre a PJ e a Polícia Federal do Brasil. Alerta foi dado pelas autoridades brasileiras.
Sérgio A. Vitorino e Tânia Laranjo 4 de Junho de 2019 às 09:36
A carregar o vídeo ...
Sete detidos e uma tonelada de cocaína apreendida no Atlântico

Uma operação da Marinha - Operação "Areia Branca" - em pleno Oceano Atlântico, coordenada pela Polícia Judiciária, resultou na apreensão de uma tonelada de cocaína e na detenção de sete homens, de nacionalidade brasileira, numa embarcação de pesca.

A droga seguia num pesqueiro de pequenas dimensões e foi detetada, entre Cabo Verde e os Açores, e acompanhada pela Força Aérea, tendo depois sido abordada por elementos do Destacamento de Ações Especiais da Marinha. A embarcação partiu do Brasil e foram as autoridades brasileiras que deram o alerta às autoridades portuguesas.

"O trabalho que foi feito nesta operação é um acumular de trabalho da Marinha, PJ e Força Aérea, mas teve outra dimensão: política e estratégica. Nunca houve uma operação assim, em que tivemos de ir tão longe...", começou por dizer a ministra da Justiça, Francisca Van Dunem.

"Foi das operações mais arriscadas que tivemos de combate ao tráfico de droga. E temos de sublinhar a nossa capacidade de resposta, apesar de todos os meios limitados", sublinhou Van Dunem.

A embarcação foi conduzida à Base Naval de Lisboa e alvo de buscas por parte da Polícia Judiciária. Num compartimento de difícil acesso, especialmente criado para o efeito, foram encontrados 1102 quilos de cocaína acondicionados em 50 sacos de serapilheira.

Os sete homens, com idades compreendidas entre os 36 e 64 anos, vão ser presentes às autoridades competentes para aplicação das medidas de coação.

A investigação partiu da cooperação entre a PJ e a Polícia Federal do Brasil.

PJ, Marinha e Força Aérea deverão prestar esclarecimentos adicionais durante a tarde desta terça-feira.

Em comunicado, a PJ adianta que através da Unidade Nacional de Combate ao Tráfico de Estupefacientes desenvolveu, nos últimos dias, uma complexa operação de combate ao tráfico transnacional de estupefacientes por via marítima, que levou ainda à detenção de sete pessoas.

A droga ficará a cargo da Polícia Judiciária para análise e posterior destruição.

Ver comentários