Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
9

Galp deixa polícias e bombeiros sem combustível a nível nacional

Na origem do problema está um problema informático.
Sofia Garcia e João Carlos Rodrigues 4 de Junho de 2019 às 21:05
Galp
Viaturas da PSP em esquadra
Galp
Viaturas da PSP em esquadra
Galp
Viaturas da PSP em esquadra

Um problema informático com o sistema Galp Frota está a deixar a PSP, a GNR e várias corporações de bombeiros impossibilitados de abastecer as viaturas com combustível.

Fonte da direção nacional da PSP garantiu que a situação estava a ser resolvida e nenhuma viatura que se apresentasse num posto para abastecer ficaria sem combustível, após ordem da própria empresa, que autorizou a emissão de vales para pagamento posterior.

O CM sabe que cerca das 19h30 desta terça-feira elementos da PSP da de Sintra abasteceram a viatura num posto de abastecimento da Rua António Feijó, em Mem Martins, não tendo conseguido realizar o respectivo pagamento, por falha no cartão Galp Frota. Outras duas viaturas foram em auxílio dos colegas mas também não conseguiram realizar a operação, mesmo com recurso a diferentes cartões.

Os agentes acabaram por abastecer e seguiram caminho. O valor do combustível ficou em dívida, para a PSP.

A Galp já esclareceu que o se trata de um problema informático com os cartões Galp Frota dos organismos públicos, que atingiu não só a PSP como outros serviços como Bombeiros ou INEM, mas que já está ultrapassado.

Ao CM garantiu ainda que nenhum carro ficou por abastecer.

Ver comentários