Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
9

Assaltam loja e causam prejuízo de 10 mil euros

Dupla de cara tapada deixa rasto de destruição e foge com máquinas de café e televisores.
Aureliana Gomes 7 de Dezembro de 2018 às 15:38
Loja de eletrodomésticos assaltada na Póvoa de Varzim
Loja de eletrodomésticos assaltada na Póvoa de Varzim
Loja de eletrodomésticos assaltada na Póvoa de Varzim
Imagens de videovigilância
Loja de eletrodomésticos assaltada na Póvoa de Varzim
Loja de eletrodomésticos assaltada na Póvoa de Varzim
Loja de eletrodomésticos assaltada na Póvoa de Varzim
Imagens de videovigilância
Loja de eletrodomésticos assaltada na Póvoa de Varzim
Loja de eletrodomésticos assaltada na Póvoa de Varzim
Loja de eletrodomésticos assaltada na Póvoa de Varzim
Imagens de videovigilância
Ouvi um estrondo muito grande e vidros a partir. Parecia que o prédio estava a ir abaixo", contou Adriano Matias, morador no edifício de Balasar, Póvoa de Varzim, que alberga a loja de eletrodomésticos Sonovisão, assaltada esta quinta-feira de madrugada por dois encapuzados. Os ladrões causaram um prejuízo de cerca de 10 mil euros.

Depois de ouvir o barulho, o morador ainda foi à janela, mas já só viu uma carrinha Ford Transit branca a sair do estacionamento e a seguir em direção a Vila Nova de Famalicão.

O assalto, na rua da Fontainha, aconteceu por volta das 02h30 e durou cerca de cinco minutos. O alerta foi dado pelo dono da pastelaria localizada ao lado da loja atacada.

"Quando cheguei, vi que tinha as grades levantadas, a porta estroncada e o vidro partido. Chamei logo a GNR", referiu ao CM Agostinho Costa, proprietário da Sonovisão - que, nos últimos anos, já foi assaltada quatro vezes.

As imagens das câmaras de videovigilância mostram dois homens de cara tapada a entrarem na loja e a dirigirem-se, de imediato, para a zona onde estavam os pequenos eletrodomésticos.

"Eram dois homens de porte alto. Levaram máquinas de café, varinhas mágicas profissionais e televisões, mas para mim os estragos tornam a situação ainda mais grave", afirmou Agostinho Costa. O comerciante estima que os prejuízos rondem os 10 mil euros.

A GNR esteve no estabelecimento a recolher indícios que possam levar ao paradeiro dos ladrões, que estão em fuga.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)