Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
9

Instaurados processos disciplinares aos dois GNR que obrigaram prostituta a fazer continência

Militares abordaram mulher numa estrada e deram-lhe a ordem com recurso a megafone.
29 de Maio de 2019 às 17:53
A carregar o vídeo ...
GNR obriga prostituta a fazer continência
Foram instaurados processos disciplinares aos dois militares que obrigaram uma prostituta a fazer continência. A informação foi avançada em comunicado pela Guarda Nacional Republicana. 

Os presumíveis autores já foram identificados: "Trata-se de dois militares que integram o efetivo do Destacamento Territorial de Loulé, subunidade do Comando Territorial de Faro, contra os quais foram entretanto instaurados processos disciplinares", pode ler-se no documento. 

"Adicionalmente [...] serão ambos os militares transferidos preventivamente para o Comando da Unidade, em Faro, para o desempenho de funções que não implicam o contacto com o cidadão, uma vez que a sua presença na área onde os factos serão investigados é considerada incompatível com o decoro, a disciplina e a boa ordem do serviço", acrescenta-se. 

Esta quarta-feira o CM divulgou o vídeo onde militares da GNR se filmam a obrigar uma prostituta a fazer continência.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)