Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
2

Central solar em Portimão vai custar 35 milhões de euros

110 mil módulos solares vão ser instalados numa área com cerca de 100 hectares.
José Carlos Eusébio 16 de Setembro de 2020 às 08:39
Equipamento vai ser construído na zona do Morgado de Arge
Equipamento vai ser construído na zona do Morgado de Arge FOTO: Lusa
Trinta e cinco milhões de euros vão ser investidos na construção da Central Fotovoltaica do Morgado de Arge, em Portimão. O projeto abrange uma área de cerca de 100 hectares e prevê a instalação de 110 mil módulos solares.

A nova central é promovida por duas empresas suíças - a EKZ, um dos maiores fornecedores de energia naquele país, e a Smartenergy, empresa da área das energias renováveis. A produção anual de eletricidade é de 90 495 MWh, o que corresponde às necessidades de 7631 habitações. Os promotores do projeto garantem que será possível evitar a emissão de 34 mil toneladas de CO2.

O prazo de construção é de um ano, envolvendo, nesse período, mais de duas centenas de trabalhadores. Na fase de operação, no entanto, a central funcionará apenas com dois funcionários.

PORMENORES
Iberdrola constrói central
A Iberdrola vai construir uma nova central solar no Algarve com capacidade instalada de 83 megawatts. A nova unidade foi adjudicada na segunda ronda de leilões solares promovida entre os dias 24 e 25 de agosto.

Vai funcionar em 2024
Este novo projeto que vai ser desenvolvido pela empresa espanhola deverá entrar em funcionamento até 2024.
Portimão Central Fotovoltaica do Morgado de Arge Iberdrola economia negócios e finanças economia (geral)
Ver comentários