Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
3

Detidos três predadores que abusaram de menores

PJ apanha suspeitos. Estão todos em prisão preventiva.
Miguel Curado e Luís Oliveira 23 de Outubro de 2018 às 09:33
Menina
Menina
Menina
Rapariga
Menina
Menina
Menina
Rapariga
Menina
Menina
Menina
Rapariga
A PJ deteve três predadores sexuais que abusaram de menores. Na zona de Lisboa, dois homens, de 19 e 20 anos, forçaram uma menina de 13, amiga de um deles, a manter relações sexuais sob pena de revelarem filmagens da menor à família e amigos. No Centro, um homem de 22 anos foi preso por ter violado um rapaz de 13 que conheceu nas redes sociais.

A detenção feita na zona de Lisboa ocorreu na última quarta-feira. Amiga da família do detido de 20 anos, a jovem aceitou ir a casa deste, pela primeira vez, em finais de maio. Acabaram por ter relações sexuais, que o predador filmou sem conhecimento da menor, sendo depois chantageada com essas imagens.

A PJ estima entre 8 e 10 violações, com a intervenção do detido de 19 anos. A menor ficou em silêncio até que um amigo da família viu uma das filmagens de cariz sexual e contou aos pais. Estes apresentaram queixa à PJ, que deteve os dois jovens, apreendendo os suportes informáticos com as filmagens. Os dois violadores ficaram em prisão preventiva.

No Centro, a PJ deteve um jovem de 22 anos por abuso sexual de crianças e pornografia de menores. O suspeito, da Mealhada, conhecia as vítimas nas redes sociais. Num dos casos, marcou encontro com um menor de 13 anos com quem teve sexo, na casa da vítima na Figueira da Foz. O rapaz contou o sucedido ao pai, que se queixou às autoridades.

Na quinta-feira foi preso e colocado em prisão preventiva. A PJ procura agora mais vítimas do predador sexual.
Lisboa Mealhada questões sociais crime lei e justiça crime crimes sexuais polícia
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)