Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
8

Discussão acaba com morto a tiro

Carro mal estacionado na origem do homicídio de Jelsom, 40 anos. Atirador entregou-se.
26 de Fevereiro de 2014 às 18:18
Jelson deixa quatro filhos menores
Jelson deixa quatro filhos menores FOTO: Direitos Reservados

O primo de Jelsom Pontes estacionou mal o carro no Bairro de Angola, em Camarate, Loures, e a discussão começou pouco depois, pelas 19h00 de ontem, com um morador, que os chamou à atenção. Uma troca de insultos terminou da pior forma. Jelsom, de 40 anos, foi assassinado com três tiros - todos certeiros, um no peito e os outros dois em cada uma das pernas.

Quanto ao homicida, 39 anos, entregou-se 40 minutos depois na PSP de Camarate. Segundo o relato de várias testemunhas, o morador que iniciou a discussão insultou Jelsom e o primo, este com um filho menor dentro do carro - e no meio da troca de palavras foi a casa. Quando regressou já trazia uma pistola, com a qual assassinou Jelsom.

Depois, fugiu. A vítima ainda foi levada para casa de amigos mas, já no Hospital de Santa Maria, para onde foi transportada, acabou por não resistir aos ferimentos graves e morreu ao início da noite de ontem. Jelsom foi ao Bairro de Angola para visitar um grupo de amigos que perdeu um familiar há poucos dias. O homem ia dar os pêsames quando se viu envolvido na discussão violenta.

Ontem, agentes da PSP estavam em força no bairro. Jelsom Pontes deixa quatro filhos menores, um dos quais bebé.

loures morto tiro discussão
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)