Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
9

Empresa controla horários da PSP

Agentes têm de reportar ao balcão central de hipermercado.
João Carlos Rodrigues e Miguel Curado 3 de Outubro de 2016 às 12:58
Polícias que fazem serviço no Jumbo de Alverca são obrigados pelos superiores a preencher ficha da empresa
Polícias que fazem serviço no Jumbo de Alverca são obrigados pelos superiores a preencher ficha da empresa FOTO: Bruno Colaço
A entrada e a saída dos agentes da PSP que fazem serviços remunerados no Jumbo de Alverca estão a ser controladas pelo Grupo Auchan. A situação está a causar polémica entre os polícias que ali prestam serviço, uma vez que não ocorre em mais lado nenhum.

A regra na PSP obriga, sempre, os agentes a apresentarem-se na esquadra onde estão colocados ou a comunicarem por telefone ao graduado de serviço a chegada ao local para onde estão escalados. Mas uma ordem de serviço da Divisão de Vila Franca de Xira, em vigor há cerca de dois meses, obriga os agentes a reportarem a entrada ao serviço ao responsável pelo hipermercado de Alverca.

"Os elementos policiais de serviço remunerado, ao iniciarem o seu serviço, deverão deslocar-se ao balcão central, onde farão o registo em folha criada para o efeito", lê-se no documento ao qual o CM teve acesso. Para a saída, o procedimento é o mesmo.

"É inaceitável que a PSP, enquanto instituição, se demita das suas responsabilidades. Não se compreende que o controlo dos agentes policiais seja feito por uma empresa privada. É uma situação única no País que não pode continuar", acusa o presidente do Sindicato Unificado da Polícia, Peixoto Rodrigues.

Fonte oficial da Direção Nacional da PSP disse ao CM desconhecer a prática, mas garantiu que irá ser averiguada e revertida, uma vez que se trata uma situação anormal.
PSP Alverca Grupo Auchan Divisão de Vila Franca de Xira País Peixoto Rodrigues Direção Nacional da PSP
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)