Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
9

Encontrado corpo de mulher morta à pancada pelo filho

Cadáver estava em Manscos, a 4 quilómetros do local onde a vítima foi vista pela última vez.
Tânia Rei 23 de Dezembro de 2018 às 19:54
A carregar o vídeo ...
Cães detetaram o cheiro nas proximidades do rio Tâmega.
Foi encontrado o cadáver de uma mulher junto ao rio Tâmega, no concelho de Ribeira de Pena, este domingo à tarde. A suspeita é que possa ser Áurea Limões Mirandela, a mulher que estava desaparecida desde o início de outubro, e que terá sido assassinada pelo filho. 

O corpo foi encontrado por um grupo de caçadores, depois de os cães terem detetado o cheiro do cadáver, numa linha de água junto ao rio Tâmega, perto da localidade de Manscos, em Ribeira de Pena.

Áurea Limões Mirandela, de 67 anos, tinha sido vista pela última vez em Bragadas, no mesmo concelho, onde morava com a família, a cerca de 4 quilómetros do local onde o corpo foi agora descoberto.

A suspeita é de que a mulher terá sido assassinada pelo filho de 38 anos, Manuel Limões Mirandela, junto à Estrada Municipal 312, na aldeia de Bragadas, depois de a mãe lhe der negado 20 euros para comprar vinho. O homem está em prisão preventiva.

O comandante dos bombeiros de Ribeira de Pena, António Martins, explicou à CMTV que o corpo estava numa zona de mais ou menos difícil acesso e que  está a ser desflorestada para construção de uma barragem. Parte do corpo estava dentro de água.

Dado o avançado estado de decomposição, só a autópsia vai poder confirmar se de facto de trata de Áurea Limões Mirandela. O corpo foi levado para o Instituto de Medicina Legal de Vila Real.

No local estiveram os bombeiros de Ribeira de Pena, a GNR, o delegado de saúde e a Polícia Judiciária, que tem a cargo a investigação.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)