Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal

Ex-tropa de elite aterroriza

Antigo comando fechou-se duas horas em casa.
Miguel Curado 10 de Fevereiro de 2016 às 08:35
Operação da PSP foi essencial para demover homem barricado. Na foto pequena está o arsenal apreendido ao agressor, onde consta uma catana, um cutelo e um machado
Operação da PSP foi essencial para demover homem barricado. Na foto pequena está o arsenal apreendido ao agressor, onde consta uma catana, um cutelo e um machado FOTO: Pedro Catarino e DR
Durante duas horas, um ex-militar de elite, com serviço prestado nos Comandos do Exército, deixou uma rua do Laranjeiro, Almada, em estado de sítio. O homem de 57 anos esteve barricado em casa na madrugada de ontem, chegando a disparar vários tiros para a rua. Quando a PSP o convenceu a entregar-se, detendo-o, apreendeu-lhe um verdadeiro arsenal dentro de casa.

A intervenção da PSP começou pouco depois da meia-noite. Populares pediram a presença de uma patrulha devido ao excesso de ruído proveniente do apartamento do ex-militar. Já no local, os agentes trocaram palavras com o homem, pedindo-lhe a identificação.

O ex-comando acabou por fechar-se em casa. Nos minutos seguinte, os polícias ouviram um barulho de manuseio de uma arma no interior da habitação. Não demorou até que os agentes fossem avisados de que o homem tinha feito vários disparos de arma de fogo a partir da janela de casa, provocando mesmo um acidente de viação.

Iniciou-se então um período longo de negociação com o barricado, que, pelas 02h35, veio a permitir a entrada da PSP na sua residência, autorizando uma busca. Os polícias apreenderam-lhe um bastão extensível, acessórios de pistola metralhadora G3, um spray de gás pimenta, dez armas brancas – entre as quais uma catana, um machado e um cutelo –, duas armas de ar comprimido, uma pistola de alarme, uma réplica de arma de fogo, várias munições de salva e três caixas de chumbo de caçadeira. Todo o armamento foi apreendido.

Apesar de ter licença de uso e porte de arma devido à sua condição de militar, o ex-comando acabou por ser detido também pela posse de armas ilegais.
rua do Laranjeiro Almada PSP barricado armas de fogo polícia crime
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)