Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
8

Ferido a tiro após rixa em discoteca na Amadora

Disparo de pistola de 9 milímetros atingiu vítima no peito.
Miguel Curado 17 de Dezembro de 2017 às 08:49
Discoteca na Venda Nova
Rixa ocorreu no interior e exterior da discoteca Estaleiro, na Amadora
Rixa ocorreu no interior e exterior da discoteca Estaleiro, na Amadora
Rixa ocorreu no interior e exterior da discoteca Estaleiro, na Amadora
Rixa ocorreu no interior e exterior da discoteca Estaleiro, na Amadora
Rixa ocorreu no interior e exterior da discoteca Estaleiro, na Amadora
Discoteca na Venda Nova
Rixa ocorreu no interior e exterior da discoteca Estaleiro, na Amadora
Rixa ocorreu no interior e exterior da discoteca Estaleiro, na Amadora
Rixa ocorreu no interior e exterior da discoteca Estaleiro, na Amadora
Rixa ocorreu no interior e exterior da discoteca Estaleiro, na Amadora
Rixa ocorreu no interior e exterior da discoteca Estaleiro, na Amadora
Discoteca na Venda Nova
Rixa ocorreu no interior e exterior da discoteca Estaleiro, na Amadora
Rixa ocorreu no interior e exterior da discoteca Estaleiro, na Amadora
Rixa ocorreu no interior e exterior da discoteca Estaleiro, na Amadora
Rixa ocorreu no interior e exterior da discoteca Estaleiro, na Amadora
Rixa ocorreu no interior e exterior da discoteca Estaleiro, na Amadora
Um homem de 25 anos foi ferido com um tiro no peito, disparado por uma pistola de calibre 9 milímetros - igual ao das polícias e Forças Armadas -, efetuado por um homem com quem se envolveu numa rixa que começou dentro de uma discoteca na Venda Nova, Amadora. A vítima ficou em estado grave.

A disputa entre os dois homens, que terão a mesma idade, iniciou-se cerca das 06h30 de ontem, dentro da discoteca Estaleiro, na Venda Nova. Ambos acabaram por sair para a rua e, numa artéria próxima à entrada da discoteca, envolveram-se em confrontos físicos.

Um deles sacou então da pistola de calibre de guerra - desconhece-se, para já, se terá entrado com a mesma dentro da discoteca - e efetuou um disparo com a arma quase encostada ao peito do rival. Enquanto o agressor fugiu rapidamente a correr, a vítima foi assistida por alguns amigos que, ao longe, terão assistido à agressão a tiro.

Foram estes que tomaram a decisão de o colocar dentro de um carro particular, transportando-o em marcha de urgência ao Hospital Amadora-Sintra. O jovem foi submetido a uma intervenção cirúrgica para a remoção da bala, encontrando-se internado à hora de fecho desta edição em estado considerado grave, mas estável.

Entretanto, a investigação foi entregue à Secção de Homicídios da Polícia Judiciária de Lisboa. Além de terem estado no hospital a falar com a vítima, os inspetores deslocaram-se à discoteca Estaleiro, onde viram as filmagens do sistema de videovigilância.
Ver comentários